de repente.... já nos 20?!

Maio 28 2014
 



Fevereiro 09 2014

tumblr couple kiss - Google Images

 

 

 

 

 

 

Algumas conversas servem como um clarificador de ideias. Um abre olhos por assim dizer,. E se escutarmos com atenção, quase sempre levamos delas uma grande lição. Ontem, por um motivo menos bom, aconteceu uma dessas conversas e foi como se toda uma epifania se abatesse sobre mim.

Quando estamos numa relação vemos as coisas, sobretudo quando correm menos bem, de forma um bocado tendenciosa. Tendemos a olhar para o nosso umbigo. A centrar-nos em nós e em grande parte das vezes atirar parte ou mesmo atirar a culpa toda para o outro. Porque é mais fácil uma pessoa desculpabilizar-se. Porque é mais fácil os defeitos serem só do outro.

Sim.. também já apontei o dedo. Já gritei e já disse coisas das quais me arrependi no segundo seguinte porque não foram sentidas. Aliás é quase sempre assim…eu e a minha boca grande, sempre a falar de mais. Sempre a dizer disparates. Sempre a ‘bombardear’ o outro com coisas que não sente porque no momento o stress e a ‘raiva’ falam mais alto.

Sim…não sou perfeita. Estou tãooooooooooooo longe disso.

Mas quando amo, apesar de tudo…entrego tudo de mim, mesmo às vezes não o fazendo da forma correta. Quero proteger. Quero dar carinho. Quero cuidar. Quero dar mais que o melhor de mim AQUELA pessoa que tantas vezes aguenta o pior e continua a aqui a lutar ao meu lado…

Ontem depois de ter chorado baba e ranho, de ter dito disparates e de sentir metade do meu mundo ruir… ouvir as palavras amigas que ouvi, fez-me assentar os pés no chão. Fez-me perceber que às vezes achamos que estamos a mostrar-nos disponíveis, a transmitir a ideia que estamos aqui para tudo..e no fundo o outro pode não estar a perceber, pode não estar a receber a mensagem da mesma forma..

Perceber que talvez não esteja a ser a pessoa que precisas, ou pelo menos que não o esteja a mostrar…deu cabo de mim. Senti o chão fugir-me dos pés…Porque não é isso que mereces. Quero estar aqui para ti assim como tu estas SEMPRE aqui para me ouvir desabafar. Para levar com o meu mau feitio e respostas tortas quando és a pessoa que menos as merece.

Desculpa...desculpa por tantas vezes me embrenhar nos meus próprios problemas e apesar de saber que também estas menos bem..não conseguir ajudar da melhor forma, da forma que desejava de facto faze-lo. Desculpa se por vezes sou egoista e nem sequer me apercebo.

Quero estar de facto aqui para TI. Quero mostrar a disponibilidade que sinto  no meu coração… se tiver que ser saco de porrada de vez em vez.. que seja. Uma relação também é isso afinal…

Quero-nos a nós lado a lado. Amigos. Confidentes. Amantes..tudo. Quero levar-te ao meu lado para a vida porque como já te disse és o amor da minha vida e faço tudo, TUDO para fazer resultar a nossa relação. Para que o amor cresça e nos faça sempre felizes…amOtE to the moon and back <3

 

 


Julho 09 2011

 

Já disse que nunca te vou esquecer. Já o disse vezes de mais. Em parte isso é verdade! Foste importante na minha vida. Fizeste-me rir, aconchegaste-me quando mais precisava, fizeste-me feliz durante uns tempos.... Mas és passado e tenho definitivamente que te arrumar num cantinho escondido... Já não te amo, isso eu sei. E fico feliz por isso, esse amor consumia-me, fazia-me triste. Estava a tornar-me algo que eu não sou... Vai ajudar estares longes ( a tantas e tantas centenas de quilometros...)! Espero um dia quem sabe, nos possamos juntar paar um café e relembrar, como bons amigos, a nossa história....

Até breve "meu" loirinho***


Março 09 2011

 

 

Hoje fazes anos... 22 aninhos!! O que eu não dava para poder estar contigo, para te abraçar, para te dar beijinhos...

O que eu não dava para poder passar este dia a teu lado.. E lembrar-me do nao passado, lembrar-me que há um ano atrás estavamos de facto juntos, que fomos beber um copo para comemorar, que te pude abraçar neste dia... pensar em tua isto...dói. Dói de uma maneira absusrda! É nestes dias que percebo que não estas assim tão esquecido, que estas muito mais presente em mim do que aquilo que eu gostaria...

 


Dezembro 22 2010

 

 

Não quero dizer adeus! Aliás não me atrevo sequer a proferir tais palavras.. Simplesmente não saem da minha boca.

Se calhar era mais fácil. Se calhar doía menos. Se calhar de pusesse um ponto final as feridas saravam mais depressa..

Se calhar… Mas não consigo. Dizer adeus significa partir. Significa ir embora. E eu não quero ir, muito menos deixar-te a TI ir embora. Não, não, não! Nem consigo pensar nisso.

Não quero deixar ir embora umas da pessoas mais especiais que já conheci. Não quero deixar partir a única pessoa que me entende só por me olhar. Não quero que vá embora alguém que me completa de uma maneira tão incrível. Não quer ver partir alguém que me é tão querido. Querido ao ponto de se ter tornado o meu mundo…

Não. Não quero dizer adeus porque não te quero ver partir.Ir embora é sinal de esquecimento e eu não me quero esquecer. Não quero que tu esqueças.

Afinal as coisas boas devem sempre ser lembradas. E a nossa história foi boa. Continua a ser, mesmo que agora talvez não seja mais possível voltar-me a encantar por ti como antes. Mas mesmo assim é bela a nossa história. Fez-nos tão felizes..e isso é o que mais importa.

Não, não quero esquecer!  Quero guardar-te no cantinho mais especial do meu coração, quero poder recordar-te sempre como a pessoa especial que tantas vezes já te disse que és..

Por isso não digo adeus. Recuso-me a dizer adeus, recuso-me a partir e ainda mais a esquecer..


desabafos, comentarios, disparos e caturreiras..enfim, pedaços de vida de uma miuda de 20 anos a quem nunca NADA, mas mesmo nada corre como o planeado...
mais sobre mim
Outubro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
24
25

26
27
28
29
30
31


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO