de repente.... já nos 20?!

Setembro 23 2014

 

 

 

E assim começa o Outono. Traz consigo as primeiras chuvas (supostamente, mas este ano já anda a chover a semanas.. Traz os casacos mais quentinhos. Traz a mudança de hora. AS folhas que caem e as cores que mudam mesmo debaixo dos nossos olhos.

Mas pior que aquilo que traz é o que leva. O meu Sol adorado que começa a ficar meio envergonhado. As horas de claridade que diminuem substancialmente. Entra em nós o modo mantinha, chocolate quente e maratona de filmes. Não que um mau programa (feito de vez em quando). Mas eu funciono a Sol. Adoro o Verão e o Calor. O por do sol na praia. Os mergulhos. As noites quentes. As jantaradas com os amigos. O humor que parece andar mais alta. A descontracção típica de quem está de férias.

O Outono é nostálgico para mim, não consigo bem perceber porque. È talvez uma tentativa desesperada de me agarrar ao  que ‘devia’ restar do Verão e uma preparação forçada para os meses mais cinzentos que aí vêm.

Não gosto desta altura. Nem de casacos. Chapéus de chuva e afim. Mas tenho que admitir que é uma altura perfeita para fotografar. Os dias têm outro brilho. As cores são espantosas, e as paisagens têm um que de encantadoras.. Valha-me isso, para me devolver alguma da alegria de sair da cama todos os dias mesmo sabendo que por mim, não espera um sol radioso.


Setembro 25 2012

 

 

Não gosto de chuva e de dias cinzentos. Não gosto de ter que usar agasalhos e sair de casa preparada para atravessar um rio. Não gosto que chova de tal maneira que me faça ter que ficar em casa. Estes dias poem-me nostálgica. Só me apetece enroscar-me no sofá com uma mantinha e uma chavena de chocolate quente.

Mas tenho que admitir, quando estou no conforto da minha cama gosto de ouvir a chuva cair lá fora. Gosto da sensação de proteção que os cobertores me oferecem. Gosto do brilho com que a rua fica quando chove. Gosto do cheiro a terra molhada.Gosto da maneira como me vem a memória tanta recordação boa passada em dias de chuva

 


Setembro 23 2012

 

E pronto este ano bato records de certezinha. O Outono ainda mal começou e eu já tenho em mim uma tal colónia de virus que mal me aguento em pé. Doi-me a garganta. E todos os musculos do corpo(até os que nem sonhava que tinha). A cabeça parece que vai explodir. Não consigo respirar pelo nariz e não paro de espirrar Tenho um casaco de inverno vestido e mesmo assim estou a tremer de frio. Estou bonita portanto ..e só de pensar que ainda me esperam mesesssssssssssss de chuva e frio, enfim...fico com um humor de cão que mal me posso aturar a mim própria.

Setembro 19 2012

 

 

Faltam dois dias para acabar o Verão. Pelo chão já se vão vendo folhas caíudas como que a anunciarem a estação que ai vem. As praias estão quase vazias. Os dias estão mais pequenos. As noites estão mais frias...Pois é, não se pode negar que o Outono está aí à porta e daqui até ao Inverno vai um saltinho.

Não gosto deste tempo. Não gosto de ter que andar de casacos, cachecois, luvas e gorros. Não gosto que chova dias e dias seguidos (embora saiba a falta que faz a chuvinha). Nãognosto que anoiteça às 16.30h e de ter que acender todas as luzes dentro de casa para conseguir ver alguma coisa. Ñão gosto que os meses com este tempo que "não é nem deixa de ser" sejam muito mais que os meses do meu adorado Verão.

Não gosto desta altura porque me trás recordações tristes, porque os dias e as cores em si são tristes...tão diferentes das vibrantes cores de verão... Mas enfim, faz parte...já sei que estes dias que antecedem a chegada do outuno ando sempre meia nostalgica..deve ser do ambiente em si, mas como o calorzinho continua, pode ser que a mudança de estação seja subtil..a ver vamos!

Novembro 05 2011

 

 

Há qualquer coisa em mim que se deixa tocar por esta época do ano. Não que goste particularmente do frio, da chuva, dos dias cinzentos e pequenos...bem pelo contrário. Mas tenho que concordar que existe qualquer coisa de belo nas paisagens de Outono. As misturas de cor. Os tapetes de folhas espalhados nesta e naquela rua de um uma qualquer cidade. Porém, não posso deixar de pensar que é triste...bonito mas triste. Não sei se pela sensação que me dá de que nada é eterno..que tudo um dia acaba por "cair". Não sei muito bem o que acontece em mim, aliás acho que não o sei pôr em palavas... Mas gosto de facto de me sentir num banco de jardim e olhar a volta. Senitr os cheiros, absorver as cores....


desabafos, comentarios, disparos e caturreiras..enfim, pedaços de vida de uma miuda de 20 anos a quem nunca NADA, mas mesmo nada corre como o planeado...
mais sobre mim
Outubro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
24
25

26
27
28
29
30
31


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO