de repente.... já nos 20?!

Setembro 18 2014

 

 

Costumo oscilar entre o 'não preciso de homem nenhum ao meu lado, sei perfeitamente ser feliz sozinha' e o 'se calhar, termos alguém ao lado, torna a caminhada bem mais fácil’. Acho que depende da situação, sobretudo do momento. Já passei pro várias decepções e após cada uma delas prometi a mim mesma que não ia cair no mesmo novamente. Que não ia voltar a deixar ninguém aproximar-se. Que nunca mais ficaria vulnerável.. Mas é absurdo fazer este tipo de promessas não é? Porque afinal não mandamos no coração e vai na volta, na altura menos esperada...puuf, lá estamos arrebatadas novamente. Voltamos a ficar vulneraveis. Voltamos a deixar-nos encantar. Deixamo-nos ir ao sabor do sentimento e as feridas antigas e as promessas que daí advieram voltam a ficar em segundo plano. Somos seres de afectos e como tal é-nos inerente esta entrega ao outro. Esta partilha. Já dizia alguém que amar (às vezes também é dor). Mas amar é sobretudo ficar vulnerável e fragil. É colocarmos o nosos coração nas mãos do outro e confiar…Confiar que não vamos acabar de coração partido novamente


Setembro 13 2014

 

 

 

Isto de voltar a estar no mercado nem sempre é fácil...

Parece que uma pessoa se esquece como se faz para chegar a outra. Não sabe como abordar, como iniciar uma conversa, as mãos tremem, a voz falha..parece que a memória da outra pessoa se impõe ali, sempre nos momentos mais inoportunos.

 Se calhar é normal que assim seja,  que seja aos poucos e devagarinho. Mas à medida que nos desapegamos de quem partiu vamo-nos abrindo ao mundo. Deixamos as coisas fluirem. Sorrimos. Bebemos um copo..e num piscar de olhos tudo se torna mais fácil. Começamos a ter certezas, renovam-se as esperanças e renasce algo dentro de nós próprios. Porque por maior que tenha sido a dor que nos devastou, vamos descobrindo que há vida para além disso. Há novas histórias por viver, pessoas por descobrir um mundo por palmilhar.

Á medida que vamos percorrendo um novo caminho vamos descobrindo que somos mais fortes do que imaginámos e que nenhuma dor é incurável. Que merecemos voltar a sorrir e a descobrir a toda a beleza e bons momentos que o mundo à nossa volta tem para nos oferecer.

 


Agosto 11 2014








«I am sure each of you have something you are waiting on in different ways. It could be a house, a studio space, starting a family, finding the love of your life, getting out of a job and starting your dream job, an upcoming trip, or anything. Whatever it may be, know that this time in between is extremely valuable. It is the time you need in order to be ready to take on this next big thing you are dreaming of. Being patient now is going to make you that much stronger and prepare you to take on the challenges that will come with what is ahead. Celebrate those who achieve what you are hoping for. Enjoy here and now in this space between…things will change and this time now will never exist again so take advantage of all it has to offer. Everything you are waiting on will come when it should.»


| megan gilger - the fresh exchange



Agosto 04 2014

 

 

 

As relações acabam e mudam-se os stats de facebook.Apagam-se fotos 'comprometedoras em comum'. Mudam-se os nomes de contacto no telemovel e o 'amor' passa a ser 'o-diabo-em-pessoa'. Escondem-se as fotos que trazem à mmemóra recordações, nos confins das pastas do pc. Deiam-se de opuvir as musicas que marcaram momentos.Muda-se o estado civil. Guardam-se as recordações. Faz-se um upgrade de visual. Tanto para nos reconfortar como para criar interesse na especie oposta..no meio disto tudo dou por mim a pensar, que se calhar ainda tenho que me pintar de loira, isso ou arranjar uma copa c de silicone..qual delas a melhor opção para voltar a ser uma pessoa com o coração curado novamente!


Julho 04 2014

 

 

 

 

 Estou farta de fingir sorrisos. De dizer aos outros e a mim mesma que está tudo bem...porque não está não é??? Ando perdida vai para dois meses. A laber as feridas. A sorrir durante o dia e a não conseguir dormir à noite com a cabeça a mim... Estou farta de continuar a amar desta maneira e  continuar aqui nesta incerteza. Porque EU amo-te imenso, sabes???? Amo-te como nunca amei ninguem e é por isso que dói esta vida que ando a levar. Dói não saber o que se passa. Doi ler um 'amo-te' numa mensagem e as atitudes mostrarem o contrário... Dói ter acreditado que as coisas iam melhorar e levar um encontrão mais uma vez....Eu sou a tola que continua aqui, nesta duvida e  a encher-me de esperanças e acalentar esta coisa cá dentro. Sou eu que continuo sem saber onde isto vai...

Estas sempre a mandar-me a cara que ama quem confia...quem ama NÃO VAI EMBORA!!!Não vira costas às dificuldades!!!  nao deixa o outro em suspenso! Não joga joquinhos! Hoje voltei a chorar...depois de prometer a mim mesma que não o faria mais...e é por isso que chego à conclusão que ISTO, seja lá o que isto for... não é saudável para mim!!
Tenho a sensação que só eu é que sofro por esta ''relação''..Que só eu sinto saudades. Que só eu tenho vontade de te ver e abraçar novamente...Tenho a sensdação que só eu perco o rumo.pelo modo como as coisas estão... Não tenho, nem quero cobrar-te nada!! Mas é  o que vejo..que desse lado é tudo fácil. Tudo tranquilo..e falta de tempo não é desculpa para tudo..uma palavra de carinho demora 3 segundos a ser escrita!! E não se trata de querer que me digas 'x'; 'y'; ou 'z' como tambem tantas vexzes me tens atirado à cara...trata-se de querer franqueza e clareza no que se diz e faz..acho que toda a gente merece isso!!!
 Mas como disse não vou cobrar, não tenho que o fazer..cada um arranja maneiras diferentes de lidar com as coisas, assim como decide partir em tempos diferentes,....Mau é para quem fica a lamber as feridas no meio do deserto!!!
Estou farta de fingir sorrisos..mas todos os dias arranjo forças para colocar um na cara novamente! Porque o mundo não tem culpa. Porque quem está a minha volta não tem culpa do que se passa na minha vida. E depois quem sabe...se ao sorrir todos os dias à vida, ela não decida voltar a  sorrir-me também?!....

desabafos, comentarios, disparos e caturreiras..enfim, pedaços de vida de uma miuda de 20 anos a quem nunca NADA, mas mesmo nada corre como o planeado...
mais sobre mim
Outubro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
24
25

26
27
28
29
30
31


pesquisar
 
blogs SAPO