de repente.... já nos 20?!

Março 06 2011

Dezembro 22 2010

 

 

Não quero dizer adeus! Aliás não me atrevo sequer a proferir tais palavras.. Simplesmente não saem da minha boca.

Se calhar era mais fácil. Se calhar doía menos. Se calhar de pusesse um ponto final as feridas saravam mais depressa..

Se calhar… Mas não consigo. Dizer adeus significa partir. Significa ir embora. E eu não quero ir, muito menos deixar-te a TI ir embora. Não, não, não! Nem consigo pensar nisso.

Não quero deixar ir embora umas da pessoas mais especiais que já conheci. Não quero deixar partir a única pessoa que me entende só por me olhar. Não quero que vá embora alguém que me completa de uma maneira tão incrível. Não quer ver partir alguém que me é tão querido. Querido ao ponto de se ter tornado o meu mundo…

Não. Não quero dizer adeus porque não te quero ver partir.Ir embora é sinal de esquecimento e eu não me quero esquecer. Não quero que tu esqueças.

Afinal as coisas boas devem sempre ser lembradas. E a nossa história foi boa. Continua a ser, mesmo que agora talvez não seja mais possível voltar-me a encantar por ti como antes. Mas mesmo assim é bela a nossa história. Fez-nos tão felizes..e isso é o que mais importa.

Não, não quero esquecer!  Quero guardar-te no cantinho mais especial do meu coração, quero poder recordar-te sempre como a pessoa especial que tantas vezes já te disse que és..

Por isso não digo adeus. Recuso-me a dizer adeus, recuso-me a partir e ainda mais a esquecer..


Dezembro 19 2010

 

 

Já não te escrevo há um bom tempo, quer dizer.. não tenho escrito para ti, a pensar em ti..

Contudo continuas a assombrar-me o pensamento, assaltas-me a memória e roubas-me o coração de cada vez que deito a cabeça na almofada. Não queria que fosse assim. Não queria que ainda estivesses tão infiltrado em mim. Não mereces.

Mas eu sou masoquista e estúpida porque apesar de tudo continuo a gostar de ti. Mais do que devia. Mas o tempo vai encarregar-se de apaziguar isso, vai colocar-te num cantinho escondido da minha alma e do meu coração. Um dia quem sabe te apercebas daquilo que deitas-te pela janela, daquilo que renuncias-te, do que me fizeste passar e das promessas que se quebraram, dos desejos que ficaram a meio caminho..

Talvez um dia eu e tu cheguemos a conclusão que éramos “a pessoa” um do outro. E será tarde demais… Aí só nos restará as memórias da nossa história.. as recordações dos beijos roubados, das gargalhadas e confidencias trocadas, dos abraços tão íntimos e dos olhares que diziam tudo.. Ficarão as memórias daquilo que dê-mos um ao outro.

Deixo contigo uma parte de mim, assim como levo uma tua comigo..para sempre!


Outubro 06 2010

 

Hoje decidi deixar apenas este video, que consegue dizer tanto..tenho-o visto vezes e vezes sem conta nos ultimos dias, talvez em busca da força animica que me faça ter coragem para fazer o que diz no video...

 

http://www.youtube.com/watch?v=YME29uhCVU0&feature=related


desabafos, comentarios, disparos e caturreiras..enfim, pedaços de vida de uma miuda de 20 anos a quem nunca NADA, mas mesmo nada corre como o planeado...
mais sobre mim
Outubro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
24
25

26
27
28
29
30
31


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO