de repente.... já nos 20?!

Junho 09 2014

A estupida sou eu..por sempre me ter importado. Por dar sempre 90% das energias da vida diária, porque dar 100 era impossivel. Por querer aquilo com cada centimetro da minha pele.

A culpa é minha por querer estar lá. Por tentar estar lá cada vez que fosse necessário e ser afastada. E agora ter que ouvir que quando foi preciso dei nada! É engraçado como as pessoas distorcem as coisas à sua viãsao. à Sua realidade. Como se vitimizam e poem os defeitos todos nos outros!! Como batem na cara que eles estiveral 'lá' quando foi preciso e nós a seguir viramos costas. isto porque não demos os 10% de energia que nos restava para sobreviver e cuidadar de nós...90% nao chega nem é suficiente. Se não me derem a mim a mim 100% não é amor, agora eu dou o que me apetece porque é assim que tem que ser.

Fui perfeita?? Não, não fui!! ninguem é...agora, dei o que pude. Mesmo quando stressei e existiram brigas e discussões... Lutei com tudo oq ue tinha pelo que acreditava...

A minha consciencia está tranquila. Estive quando me foi permitido, nas restantes vezes tentei estar mesmo quando sentiamque não era desejada ali. Quando não ouvi foi porque não fui procurada para esse fim. Quando o  meu ombro não esteve lá foi porque foi empurrada para longe... Por isso não aceito a culpa que querem por em cima!!! Antes de apontar o dedo seja a quem for... Antes que se atirem coisas a cara...que se meta a mão na consciencia e se pense naquilo que fomos, naquilo que demos. naquilo que empenhámos...

 

 Dói demais pensar em tudo o que podia ter sido e não foi. Tudo o que ficou por viver. Por ver. Por fazer... Dói demais ter pensado que ia durar para sempre e agora perceber o estado em que está tudo.

Para mim, quando se ama de veradade..não são factores exteriores que mudam esse sentimento. Não são confusões que nos fazem ser frios. Não se desapega com facilidade...

Éu ainda tenho todo este sentimento cá dentro. Que me aperta o coração e invade cada espacinho do meu corpo....e no meio disto tudo só me pergunto..faço o que com este amor?? No meio disto tudo gostava de ter a facilidade que vejo do outro lado em não me importar, não me afectar, não me deixar abalar....

rabiscado por Sophia às 12:35

se quem ama acredita, mas tu fugiste..... e foi preciso muita insistencia para voltares a dirigir me a palavra...

fico a espera dessa ajuda extra para vir tudo a tona!!

pq ja disse .. eu nao consigo estar bem ctg sabendo que amigos "nossos" tentam por tudo sempre acabar com a relaçao e eu nao quero ter uma relaçao assim
JR a 21 de Junho de 2014 às 14:30

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

desabafos, comentarios, disparos e caturreiras..enfim, pedaços de vida de uma miuda de 20 anos a quem nunca NADA, mas mesmo nada corre como o planeado...
mais sobre mim
Junho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
16
17
20

22
24
25
27



pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO