de repente.... já nos 20?!

Janeiro 27 2011

"Sorte é quando....

 

 

 

 

a preparação encontra a oportunidade!"


Dezembro 13 2010

 

 

 

O natal aproxima-se a uma velocidade alucinante.

É ver as ruas enfeitadas, as luzinhas a piscar em cada janela, os anúncios de rádio e de televisão, os milhentos brinquedos em cada supermercado e as centenas de panfletos que me entopem a caixa de correio. Ah e as músicas deprimentes..estava a esquecer-me das músicas! Tudo isto a fazer lembrar que estamos quase no natal. Tudo isto a apelar ao consumismo. Não gosto disto. Não gosto daquilo em que o natal se tornou..

Não gosto da obrigação de dar presentes. Gosto de dar presentes quando me apetece, não porque o calendário me obriga a tal.

Nos próximos dias tenho jantares de natal quase todas as noites, como se toda a gente fosse muito amiga..só se lembram nesta altura, é engraçado…

Enfim, posso parecer meia amarga hoje, mas realmente o natal trás ao de cima muita mágoa que existe em mim..


Outubro 13 2010

 

Não tenho escrito. Pura e simplesmente não tenho vontade. Mas ontem em conversa com uma das minhas GRANDES amigas, ela disse-me que não posso deixar de fazer as coisas que gosto. Tens razão minha linda é verdade, vais ver que vou recuperar a força de viver.

 

 

Fez no domingo um ano. Como o tempo passa a voar. Fez no domingo um ano que por obra por acaso nos vimos pela primeira vez. Aconteceu tanta coisa. Mudaram tantos aspectos e tanta coisa ficou igual. O mais importante permanece igual. O que sentimos um pelo outro.

Foi pena o tempo separados, sabemos lá como estaríamos agora, mas é bom saber o que significo para ti. Ate me envergonho dos pensamentos que me passaram pela cabeça. Cheguei mesmo a duvidar sabes!?

Mas apesar de metade de mim estar a levitar, a outra metade continua triste. Triste porque (pelo menos pró enquanto)  não vamos fazer nada com este sentimento que nos une. Porque vamos limitar-nos a deixar passar o tempo e ver o que acontece… O amor constrói-se, por isso se este percurso que temos à nossa frente nos leve a construir algo mais forte, eu não me oponho. De todo..

Fez no domingo um ano que entraste na minha vida. Que me elevaste do sitio onde me encontrava na altura. Que me fizeste voltar a sonhar e a ter vontade de “gostar”.

E no domingo, um ano depois voltámos a estar juntos. Senti o sabor do teu beijo, o acelerar tresloucado do teu coração, vi o brilho dos teus olhos enquanto me olhavas, aconcheguei-me no teu abraço. Ouvi-te susurrares-me ao ouvido um "gosto mesmo de ti"...e voltei a arrepiar-me como da primeira vez em que fizemos cada uma dessas coisas..

Fez no domingo um ano que entraste na minha vida..espero que jamais saias dela..


Outubro 04 2010

 

 

 

Todos temos um passado!

Bem quanto a isso não há grandes dúvidas. Todos temos histórias, recordações, segredos, amores mal resolvidos… Até aí não vem grande mal ao mundo, o problema começa, talvez, quando as pessoas teimam eu levar consigo, tal malas de viagem, todas as memorias e recordações do passado. Levam-nas para onde quer que vão. Para a casa nova, para o emprego, para uma outra cidade, para o cinema de viagem..para um relacionamento! E talvez seja aí que começam os problemas, porque ao levarmos connosco os fantasmas que nos assombraram no passado, vamos tomar atitudes baseadas no que já vivemos. Vamos passar os dias desconfiados porque já vivemos um situação parecida, mas é aí que está a diferença, cada pessaoa é diferente, cada momento é único e inigualável, então porque carregarmos pesos que não são mais os nossos? Para quê tornar a viagem mais difícil? Mais pesada? É bom ter recordações, termos alguma bagagem, porque de certa forma isso ajudou-nos a crescer e tornou-nos mais fortes. É bom termos essa bagagem, mas torna-se absurdo carrega-la sempre connoco, porque de certza forma isso irá influenciar o modo como olhamos o mundo, como subimos a montanha e como saltamos livremente para o horizonte…


Setembro 29 2010

 

 

Lembro-me como se fosse hoje.Lembro-me tão bem do nosso primeiro beijo.De como as nossas bocas encaixavam de maneira tão perfeita.Quando fecho os olhos ainda consigo sentir o cheiro do teu perfume, as tuas mãos no meu corpo. Naquele momento tive certeza que eras e serias sempre uma pessoa especial. Daqueles seres maravilhosos e importantes que aparecem na nossa vida e nela permanecem para a tornar mais colorida. Foi engraçado o nosso primeiro beijo, surgiu de forma meio inesperada, mas foi completamente avassalador. E a forma como te agarraste a mim depois de me beijares…ainda me faz sorrir…

Gosto de tanto de ti.Gosto de ti de uma forma que pensava já não ser possível. E vou lutar, pelo menos até que as forças se esgotem completamente. Não quero deitar fora a nossa história. Não vou perder uma oportunidade de ser feliz. Não vou deixar que me afastes, que me impeças de te fazer feliz. Se calhar sou egoísta, então que seja. Mas quero mais, muito mais amor, muito mais momentos dos nossos, muitos mais “primeiros beijos”.


desabafos, comentarios, disparos e caturreiras..enfim, pedaços de vida de uma miuda de 20 anos a quem nunca NADA, mas mesmo nada corre como o planeado...
mais sobre mim
Outubro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
24
25

26
27
28
29
30
31


pesquisar
 
blogs SAPO