de repente.... já nos 20?!

Junho 08 2014

 

 

 

'Para todos aqueles que estão aqui e amam alguém...Para quem sabe o que é perder alguém e não quer perder nunca mas.....

 

Quando veio, Mostrou-me as mãos vazias, As mãos como os meus dias, Tão leves e banais. E pediu-me Que lhe levasse o medo, Eu disse-lhe um segredo: "Não partas nunca mais".

E dançou, Rodou no chão molhado, Num beijo apertado De barco contra o cais.

E uma asa voa A cada beijo teu, Esta noite Sou dono do céu, E eu não sei quem te perdeu.

Abraçou-me Como se abraça o tempo, A vida num momento Em gestos nunca iguais. E parou, Cantou contra o meu peito, Num beijo imperfeito Roubado nos umbrais.

E partiu, Sem me dizer o nome, Levando-me o perfume De tantas noites mais.

E uma asa voa A cada beijo teu, Esta noite Sou dono do céu, E eu não sei quem te perdeu....'

 

(Obrigada Pedro!)


Junho 05 2014

 

 

 

 

 

Uma relação são apenas nadas. São aquelas coisas que até parecem ser birras insignificantes, mas que suportam os dias de um amor. É que um amor é dificil de manter!! Dá trabalho, todos os dias. Mas os nadas do dia não podem ser um esforço. Têm de ser porque apetece. Espontaneos, porque se sente falta.

Os nadas são um beijo que apetece quando não dá jeito. São um telefonema que se recebe a meio de um dia dificil, só para perguntar se almoçámos. São quilometros que se fazem porque o corpo precisa de um abraço. São horas que não se dormem, porque temos que contar pela enésima vez aquilo que nos chateou. São um amo-te sem razão. Um beijo na testa quando nos cruzamos no corredor. São uma caricia quando menos esperamos. Um beijo ao acordar quando ainda estamos ensonados e despenteados. São silencios confortaveis. São cumplicidades que ao mundo não interessa.

E são tudo isto ao contrário também. Reciprocamente. Não porque tem que ser uma troca, mas porque nos sentimos bem.

Do nada vêm grandes actos. Grandes promessas. Muitos abraços-fofinhos-e-amo-te-muito-meu-amor-vamos-mostrar-ao-mundo-que-somos-felizes!!

Uma relação  é feita de pequenos nadas que se tornam tudo...

 

por isso pergunto..o que fazer quando os nossos tudos desaperecem???


Junho 04 2014

 

 

 

 

Os grandes amores são assim mesmo, dão-nos o caminho da emoção, mas os sentimentos de verdade são apenas nossos! Ninguém copia. Ninguém leva. Ninguém divide..." Muitas vezes ninguem entende. Muitas vezes estes sentimentos de verdade incomodam muita gente...e existirá sempre quem vai fazer de tudo para estragar essa magia..

Quero acreditar que quando é verdadeiro, há algo de inquebrável. De imaculável. E certamente de inesquecivel... Grandes amores. amores doces. puros. sinceros. arrebatadores...não aparecem muitas vezes na vida..

Há que saber reconhece-los quando chegam. Cuida-los. Mante-los. Alimenta-los. Dar-lhes a liberdade de partirem, mas sabermos que vão escolher ficar!


Junho 02 2014

 

 

 

 

"Se eu me  deitasse aqui, se eu apenas me  deitasse aqui..
Tu  deitavas-te comigo e esquecerias o resto do mundo ?"..


Junho 01 2014

 

 

 

 

 

A saudade é a nossa alma que nos diz para onde ela quer volta...Tenho saudes tuas!! Bem ditas as coisas...estou a morrer de saudades =$ Dava tudo para te abraçar novamente. Para sentir o teu perfume na minha roupa depois de um abraço daqueles que tanto gosto. Para te olhar nos olhos. Para fazer aquele cafuné nas viagens de carro. Para me poder enroscar em ti e perder a noçao do tempo e do espaço.

Dava tudo para te poder ter aqui agora!! Ao alcance da minha mão... Para te dar um beijo . Para te segurar forte e não te dixar partir jamais...Tenho saudades dos momentos. Das maluqueiras. Das viagens de carro. Das brigas do 'amo-te mais'. Dos disparates. Da maneira como me fazias rir...até das discussões, pro mais estupido que parecça...

Sinto saudades de cada detalhe. Do que passamos. Do que não vivemos. De ti. De nós. Do que eu era quando estavamos juntos...

Saudades gigantes. Insuportaveis. é o  que me invande e atormenta a cada dia ultimamente...


desabafos, comentarios, disparos e caturreiras..enfim, pedaços de vida de uma miuda de 20 anos a quem nunca NADA, mas mesmo nada corre como o planeado...
mais sobre mim
Junho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
16
17
20

22
24
25
27



pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO