de repente.... já nos 20?!

Fevereiro 14 2011

 

 

Está toda a gente lá fora a festejar!

Eu estou aqui sozinha atirada no sofá  e este silêncio começa a incomodar-me! Na minha aparelhagem não toca nenhuma música, na mesa de jantar não se ouve o estalido de uma garrafa de champagne a abrir, não se ouvem palavras sussurradas e não se sente desejo a pairar no ar. Silencio, só silencio. Um silencio profundo que começa a pesar.

Nunca gostei de datas pré-estabelecidas é verdade, para mim o amor não tem hora marcada. Não preciso que me digam quando devo celebra-lo. Contudo…. Hoje, gostaria de ser um deles. Um desses loucos aficionados que vivem este dia com a maior das intensidades, aqueles loucos que um mês antes já entram em contagem decrescente para o “grande” dia.

Hoje dava a alma para andar por ai de mãos dadas, por ter alguém dedicado a mim, por ouvir um amo-te silibado ao ouvido. Hoje, só hoje dava tudo para saborear aquele beijo novamente, dava tudo para não ter que dormir sozinha naquela cama que me parece tão grande e fria.

Hoje…

Mas hoje, precisamente hoje que sinto o verdadeiro peso de estar sozinha. É hoje que não tenho quem celebrar este dia, é hoje que esta condição de solteira me faz sentir terrivelmente abandonada. Talvez porque pela primeira vez, gostaria de estar verdadeiramente a viver este dia. Talvez porque pela primeira vez gostava que este dia não fosse apenas mais um dia no calendário.

Lá fora ouvem-se as gargalhadas, percebem-se as promessas trocadas.Os olhares não mentem e denunciam o que vai no coração.

Hoje eu estou aqui.. na escuridão da sala, sozinha e sinto-me morrer por dentro!  Por isso fecho os olhos e desejo com a maior das forças que o amanha venha rápido. Porque amanha o dia de hoje já terá passado, já será apenas uma memória..

Mas até lá..bem até lá permaneço aqui e deixo-me consumir… entrego-me. Amanha tudo será uma memória, como um cigarro esquecido num cinzeiro.. a promessa perdida. Algo deixado a meio… Amanha este dia nada mais será que passado!

 


Fevereiro 12 2011

 

 

 

 

 

Sou sonhadora por natureza! Sempre guradei na bagagem uma mão cheia de sonhos...alguns, felizmente já os realizei, outros foram-se perdendo pelo caminho com o passar dos anos, outros ainda continuam guardadinhos à espera da oportunidade certa!

Enquanto sonharmos tudo é possivel....É triste aquelas pessoas que com a idade deixam de sonhar. Deixam "isso" para os mais novos. Não falo de sonhar acordada, aquele sonhar de andar no mundo da lua. Não! desse não gosto. Falo sim dos sonhos que nos acalentam a alma e fazem querer ir mais além...

Sim sou sonhadora e depois??? Deixem-me sonhar! Hoje em dias é das poucas coisas que não paga imposto....e sabe tão bem!


Fevereiro 11 2011

 

 

 

A vida é engraçada! Engraçada ou muito estúpida. Ainda não me consegui decidir bem....

Mais uma vez tinha que me pregar uma partida. Mais uma vez eu decido seguir em frente e o que acontece?? Pois. Acontece que tu voltas. Vens de novo para junto de mim, ligas novamente o meu coração a ficha, provocas em mim um< descarga de sensações! Parace que advinhas, bolas!

Assim não é fácil sabes??? Muito menos quando me dizes aquelas coisas queridas, muito menos quando me olhas com esses olhões azuis, muito menos quando me abraças e encostas o teu corpo a cada milimetro da minha pele... Não, não é fácil!

Mas é como já disse um milhão de vezes! TU és especial e por isso, mesmo acabando por sofrer, é bom demais ter-te na minha vida... Sei que vais permanecer para sempre, mas espero sinceramente que vas deixando de provocar em mim este turbilhão...

A vida é tramada sim! A primeira vez na vida que eu quero mesmo estar com alguem..é assim! leva-te e traz-te de volta...brinca comigo! E eu deixo-me enredar...afasto de mim aqueles pequenos abutres que se tentam aproximar, não dou sequer hipotese que se cheguem a mim...Porque não quero, não quero permitir-me sentir por mais alguem o que sinto por ti e..... sinceramente nem sei se isso será possivel!

Sim a vida anda a testar-me, mas sabes uma coisa??? Continuo feliz... e desta vez não vou mesmo deixar-me ir abaixo!


Fevereiro 10 2011

 

 

Eis que chega ao fim mais uma etapa. Eis que consigo ultrapassar mais uma barreira. Eis que me vejo um pouco mais forte ao fi destes meses e inevitavelmente sorrio.

Sim estou feliz... depois de muitas viagens de comboio, depois das noites em claro que parecem intermináveis, depois do stress e das lágrimas... consegui vencer!

E agora por uns meses vou pendurar novamente a farda, guardar o garrote e os apontamentos de bolso e por de lado as meias de descanso...

Nos próximos tempos vou voltar as unhas coloridas, aos vestidos ridiculamente curtos e aos saltos vertiginosos. Nos próximos tempos vou entregar-me ao prazer de ser mulher. De ser uma mulher na casa dos vinte com a vida pela frente para aproveitar... nos próximos tempos vou trabalhar para cumprir a promessa que fiz...ser feliz. Simplesmente ser feliz!


Fevereiro 09 2011

 

 

 

Últimamente tenho sentido que a vida passa por mim a uma velocidade louca. Tenho-me sentido como que espectadora.

Últimamente tenho sentido que estou a deixar passar os melhores anos da minha vida... Mas a verdade é que já não tenho paciência para as noitadas loucas, umas atrás das outras, a verdade é que me tenho desiludido profundamente com algumas das pessoas que se diziam grandes amigas.. E eu? Bem eu sinto-me perdida. Sinto-me sozinha...

Tu tambem me mudas-te...fizeste-me ver as coisas de forma diferente, se calhar ajudaste-me a crescer em alguns aspectos e isso não é necessáriamente mau!

É mau andar amarga como ando últimamente, é mau achar que se calhar não mereco mesmo o meu lugar ao Sol...

É mau sentir o reboliço que sinto cá dentro...

Mas fica uma promessa aqui, escrita para ficar registada. Porque palavras ditas leva-as o vento.

Acabou esta tristeza profunda. Acabou entregar-me ao derrotismo. Acabou deixar que me magoem, que façam de mim o que querem.. Acabou!

Vou recuperar a pessoa alegre e viva que fui um dia. Vou recuperar a parte feliz do meu ser...


desabafos, comentarios, disparos e caturreiras..enfim, pedaços de vida de uma miuda de 20 anos a quem nunca NADA, mas mesmo nada corre como o planeado...
mais sobre mim
Fevereiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

13
17
18
19

20
21
22
23
25
26



pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO