de repente.... já nos 20?!

Junho 07 2010

 

 

 

As vezes não me percebo ( aliás na grande maioria das vezes), juro que não sei como é que o pessoal me atura…

Sou capaz de acordar o dia mal disposta( é raro, mas acontece!) naqueles dias em que só me apetece ficar na cama e quase imploro que ninguém se aproxime… e depois recebo uma mensagem, um sorriso mais aberto, um olhar especial… e PUF, lá se vai o mau humor e toda eu sou como que mergulhada  numa onda de felicidade!

Depois há aqueles dias que saiu da cama com um salto, com o sorriso a rasgar-me o rosto, os olhos a brilharem de alegria e com a certeza absoluta que irei triunfar..pois, e é mesmo nesses dias que tudo resolve dar para o torto e chega-se o final do dia já só me quero é aconchegar nos lençóis..

Sou uma pessoa de sorriso franco, aberto e verdadeiro…daqueles sorrisos que vêm de dentro e aquecem a alma… detesto que haja pessoas capazes de fazer tudo para me roubar este sorriso, para me ver em baixo…

Acho que as vezes chego a ser um bocado inconstante..principalmente quando estou com os que amo…tão depressa rio às gargalhadas, como abro a “torneirinha” se de repente a conversa puxa mais para o lado sentimental….

Sou uma pessoa sensível… embora não mostre isso! Quase sempre me mostro forte e invencível.. uma borboleta com vontade de ter força de elefante…Não mostro isso a toda a gente, apenas as pessoas mais especiais conhecem esse verdadeiro lado meu!

Sou estranha.. as vezes rio quando só me apetece chorar, outras choro de tanto rir..

As vezes sinto-me completamente sozinha no meio do sitio mais apinhado de gente, e outra completamente amparada, apenas com UM abraço…

As vezes sinto que não mereço as coisas que me acontecem, outras agradeço cada momento que já me foi proporcionado…

As vezes gostava de poder acelerar o relógio, outras dava tudo para eternizar um momento…

As vezes sinto-me um bocado estranha, com todas estas confusões… mas se não fosse tudo isto, deixava de ser a pessoa que sou, e apesar de tudo gosto de mim…

Afinal tenho que gostar de mim primeiro para saber amar os outros…


Junho 06 2010

 

 

 

 

Fazem-me falta os nossos momentos... as conversas jogadas fora, as confidencias soltas ao vento..os olhares que diziam tudo...os beijos capazes de fazer parar o tempo....
Fazes-me falta TU! talvez de uma forma quase impossivel de eu própria conseguir perceber....

 

 

Porque é que tinhas que voltar a aparecer e colocar tudo de pernas para o ar??? Porque é que tinhas que voltar a aparecer e a acordar os sentimentos que eu a tanto custo fiz adormecer???

 

Faz-me falta o passado que vivemos... Faz-me falta a pessoa que conseguia ser contigo...

mas tenho duvidas que possamos recuperar o tempo que

nos foi roubado por " aquela" pessoa má... mas poderiamos tentar um novo começo... como tu disses-te.. nao sabemos como estariamos agora se não nos tivessemoas afastados..~. e não sabemos como estaremos daqui a uns meses... vamos deixar-nos levar, sem pressa...agora o tempo é nosso...


Junho 04 2010

 

 

 

 

Estou num turbilhão de emoções… não sei o que pensar e muito mais ( e o que mais me assusta, não sei bem o que estou a sentir…)

Depois destes meses todos voltas a aparecer assim, de pára-quedas na minha vida, de um momento para o outro… 

Não te tinha esquecido é verdade, agora tenho certeza disso, mas estavas guardado num cantinho do meu coração, consegui manter todas as emoções  e sentimentos frustrados lá trancados e  fui seguindo com a minha vida… Agora está tudo a aflorar novamente!

Dizes que tens saudades dos tempos em estávamos juntos, em que tudo fluía fácil entre nós, sem ninguém para atrapalhar ou para se meter onde não devia… eu também tenho saudades, talvez mais do que gostaria…

Foste.. e pelos vistos continuas a ser, uma pessoa especial na minha vida ( e afirmas que eu também sou muito especial na tua…) chegas-te num momento complicado e conseguis-te arrancar-me do fundo e colocar-me de novo um sorriso na cara…voltei a ser feliz e entreguei-me de corpo e alma a alguém que acreditei verdadeiramente ser “a minha pessoa”…

E Foi incrível a maneira como nos dê-mos desde o primeiro instante, como nos compreendíamos, como gostávamos das mesmas coisas, como as nossas historias eram iguais, como eu sentia ( e tu também) que nos conhecíamos desde sempre, foi incrível a intensidade da nossa relação apesar de conhecermos há tão pouco tempo…… e depois de um momento para o outro tudo mudou, magoas-te com atitudes, com palavras, fizeste o meu coração sangrar…. E ao olhar para ti deixei de ver a pessoa que antes fazia aflorar em mim sentimentos tão bons…. Afastamo-nos inevitavelmente e o sofrimento consumiu-me durante tempo demais e agora…..

Agora sinto-me perdida, não sei o que fazer, não sei como agir…. Não quero voltar a sofrer, não queria  ter percebido  que os sentimentos continuam cá.. não queria esta incerteza novamente…..

                O que é que eu faço?? Não vou aguentar quebrar a cara novamente..não mesmo! Será que ainda há tempo para nós?? Será que ainda vamos a tempo de viver a felicidade que nos foi roubada?? Não consigo ter respostas… o melhor mesmo será deixar o tempo passar!!

 

 

 

 

(P.S – Continuo com a sensação que poderemos pertencer um ao outro..sera???)


desabafos, comentarios, disparos e caturreiras..enfim, pedaços de vida de uma miuda de 20 anos a quem nunca NADA, mas mesmo nada corre como o planeado...
mais sobre mim
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

14
15
19

21
25
26

27
29
30


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO