de repente.... já nos 20?!

Junho 06 2013

 

 

 

 

 

O amor não começa quando estamos no auge da paixão e tudo é borboletas e coraçõezinhos. Não começa quando tudo corre bem, quando não há brigas nem discussões. O amor não começa quando tudo no outro é perfeito, incluindo os defeitos que em outras pessoas achamos irritantes.

O amor começa talvez quando brigamos, gritamos, partimos a loiça e batemos a porta e a seguir voltamos, saltamos para um abraço apertado e pedimos desculpas. O amor começa quando conseguimos ficar horas a fio em silencio sem que isso nos incomode. Começa quando vemos os defeitos da outra pessoa, sabemos que são defeitos, mas mesmo assim aprendemos a lidar com isso sem os ignorar. Começa quando os pontos de vista divergem e não se tem mais a mesma necessidade de concordar em tudo. Quando já não precisamos dizer cinquenta mil vezes ao dia que amamos o outro, porque..simpelsmente ele sabe.

O amor começa sem duvida quando cada um volta a assumir a sua identidade, quando deixamos de estar enebriados pela loucura desenfreada do inicio da relação e a visão deixa de estar turva. Começa quando temos a certeza que encontramos um louco mais louco que nós com quem vale a pena acordar todos os dias.

rabiscado por Sophia às 21:49

amei o texto..
eu a 10 de Junho de 2013 às 04:11

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

desabafos, comentarios, disparos e caturreiras..enfim, pedaços de vida de uma miuda de 20 anos a quem nunca NADA, mas mesmo nada corre como o planeado...
mais sobre mim
Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO